SINDIFARDF lança campanha “A contribuição Confederativa garante a luta Farmacêutica” !

0
860

SINDIFARDF lança campanha “A contribuição Confederativa garante a luta Farmacêutica” !

Farmacêutico: ao receber o seu boleto da contribuição confederativa, não deixe de realizar o pagamento e garantir que seus direitos não sejam extintos. Esse recurso é o que financia a luta da categoria.

31/08/2017

O Sindicato dos Farmacêuticos de Brasília (SINDIFAR-DF) propõe em 2017 a campanha “A Contribuição Confederativa garante a luta Farmacêutica” para conscientizar a categoria da importância que a mesma tem para o movimento pelo trabalhador farmacêutico.

Ao receber o boleto, não deixe de efetuar o pagamento e garantir que seus direitos não sejam extintos. Esse é um recurso que financia a luta da categoria através de assessoria jurídica, contábil e trabalhadores que garantem o funcionamento das atividades do sindicato. O SINDIFARDF sugere um valor que é analisado em assembleia por todos da categoria. Em Conselho Deliberativo, a entidade indicou permanecer com a quantia de R$ 50,00 reais, que nunca foi reajustada.

A contribuição Confederativa é paga uma vez por ano pelos farmacêuticos e é importante para a manutenção e o custeio do sistema confederativo de representação sindical, ou seja, a confederação, federação e sindicato da categoria. Fica estabelecido o recolhimento por todos aqueles que participem de uma determinada categoria econômica, profissional ou de uma profissão liberal, independentemente de serem ou não associados ao sindicato.

O valor deve ser pago por boleto (opção preferencial) ou devendo ser quitado através de crédito na Conta Corrente nº.1198-9, Agência nº 0002, Operação nº 003 da Caixa Econômica Federal.

A diretoria do SINDIFARDF ressalta para aqueles que pagarem via depósito bancário enviarem o comprovante a tesouraria do sindicato para que seja dada a baixa do valor em seu registro.

O objetivo da cobrança é o custeio das atividades sindicais e os valores que integram os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador. O movimento sindical tem o papel de realizar a negociação trabalhista, lutar por uma ampliação do espaço de atuação profissional e prestar serviços aos seus associados. Além de negociar salários, a representação dos trabalhadores também busca melhorar as condições de trabalho. Pode-se proporcionar ainda assistência jurídica a seus associados, e demais convênios à disposição dos filiados. São parcerias médicas e odontológica, cursos de qualificação profissional, recolocação no mercado, entre outros.

A Caixa Econômica Federal é a instituição encarregada pela conta emprego e salário, na qual é creditada a parte da contribuição confederativa. Os recursos dessa conta, de acordo com a CLT, constituem receita orçamentária vinculada a fundos especiais para programas desta entidade sindical.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui

To use BrandCaptcha you must get an API Key